Hoje nossa seleção de raças originárias dos países participantes da Copa do Mundo 2018 homenageia a Austrália, apresentando o Terrier Australiano.

 

A raça tem como nome de origem Australian Terrier, é de ascendência britânica e foi apresentado pela primeira vez em 1899, em Sidney. Estão entre seus ancestrais o Cairn Terrier, o Terrier Irlandês, o Terrier Escocês e também o Yorkshire Terrier, com o qual é muito parecido.

 

Pertencente ao grupo dos cães de pequeno porte, esta é uma raça rara na França. O Terrier Australiano foi criado para a caça a coelhos e a ratos. Em 1921 foi fundado o Australian Terrier Club e estabelecido o primeiro padrão. A raça foi reconhecida pelo Kennel Club em 1936.

 

Temperamento

Utilizado para caça e companhia, é muito vivo, corajoso e afetuoso. Possui humor equilibrado e caráter de puro Terrier. Sua educação é consideravelmente difícil, mas muito eficaz se for aplicada desde filhote.

 

É fisicamente visto como um animal robusto, pois possui um corpo longo se comparado à sua altura. Tem aproximadamente 25 cm de tamanho e pesa de 3,6 a 6,3 kg. Por ser muito ativo, precisa de exercícios, além de uma escovação diária.

 

Conheça mais características do Terrier Australiano.

 

Cabeça

É longa, de crânio chato e stop leve. Seu focinho é poderoso e forte, assim como seus maxilares.

 

Olhos

São pequenos, ovais, bem afastados entre si e de cor marrom escuro.

 

Orelhas

Pequenas, eretas, pontudas e bem portadas.

 

Corpo

É longo e solidamente constituído. Seu pescoço é forte e ligeiramente arqueado e o antepeito bem desenvolvido. A altura e a largura do peito são moderadas, as costelas bem arqueadas e o lombo forte.

 

Membros

Possui membros curtos, de boa ossatura e patas pequenas, redondas e compactas.

 

Cauda

Amputada, portada reta, mas não sobre o dorso.

Pelo

Tem aproximadamente 6 cm de comprimento, é liso, áspero e denso. O subpelo é curto e macio. Possui pelo curto no focinho, na extremidade dos membros e nas patas.

 

Pelagem

Areia claro ou vermelha, azul, azul-aço ou azul-acinzentado escuro, com marcas cor de fogo intensas na face, nas orelhas, na face ventral do tronco, nas extremidades dos membros, nas patas e ao redor do ânus.

 

Quer conhecer outras raças caninas? Confira também o Fila Brasileiro, o representante do Brasil em nossa seleção!