Ciclagem é um importante processo para o correto equilíbrio do ecossistema de um aquário recém-montado, que integra seu sistema de filtragem e tem como objetivo criar um ciclo biológico, ou seja, é a colonização de bactérias nitrificantes benéficas que são responsáveis pela transformação da amônia e nitritos presentes na água. Um aquário recém-montado não possui colônia de bactérias nitrificantes, desta forma todo o nível de amônia, proveniente de restos de alimentos e fezes dos peixes, acaba por ter um impacto muito maior ao seu equilíbrio.

Tempo e disponibilidade

A ciclagem pode ser feita de diversas maneiras. Tudo dependerá do tempo e disponibilidade financeira do aquarista. Aos mais pacientes e cautelosos, a ciclagem pode durar de 30 a 60 dias para a formação completa, já que em um sistema de aquário novo não há micro-organismos, nem mesmo bactérias aeróbicas e anaeróbicas, que são fundamentais para uma boa ciclagem e, em contrapartida, lentas para se multiplicarem.

No decorrer deste período, deve-se introduzir poucos e pequenos peixes, para que eles possam produzir alimento para o desenvolvimento das bactérias.Os demais peixes, corais, invertebrados, plantas, entre outros organismos, devem ser incluídos com muito cuidado, pois corre-se um grande risco de picos de amônia, nitrito e nitrato na água.

Aceleradores biológicos

No entanto, aos aquaristas mais ansiosos, existem aceleradores biológicos, que são as cepas biológicas. Trata-se dos ovos ou bactérias biológicas incubadas que, quando introduzidos no aquário, aceleram  o processo de ciclagem e colonização, diminuindo para até sete dias o tempo total do procedimento.

O cuidado também se faz necessário na introdução dos peixes quando são utilizados aceleradores, pois da mesma forma que o método tradicional,  podem haver picos de amônia, nitrito e nitrato na água com o método de aceleração. Por isso, os peixes devem ser introduzidos aos poucos, e nunca todos de uma só vez.

Etapas da ciclagem

No processo de ciclagem, assim como durante todo o tempo, o aquário passa pelo ciclo de nitrogênio, no qual as bactérias depuram as toxinas do meio, transformando a amônia em nitrito e o nitrito em nitrato. É muito importante que todas as etapas do ciclo sejam realizadas com sucesso, pois se alguma bactéria falhar ou estiver ineficiente no aquário, todo o processo é perdido, causando desequilíbrio ou mesmo grandes picos.

ciclo - O que é ciclagem

No processo de ciclagem, o aquário passa pelo ciclo de nitrogênio, no qual as bactérias depuram as toxinas do meio, transformando a amônia em nitrito e o nitrito em nitrato.

 

Processo completo e único

Atualmente, não existem pesquisas ou estudos que comprovem um tempo mínimo e um tempo máximo do processo, porém a média é de 30 dias, podendo chegar até 180 dias, dependendo do sistema e da formação de ciclagem.

Uma vez bem feita a ciclagem, não será mais necessário repetir o processo, a não ser que, por algum motivo, haja necessidade de esgotar completamente o aquário ou de fazer a esterilização do sistema biológico de filtragem.

Diferença em relação às espécies

O processo biológico é o mesmo para todos os sistemas de aquário, seja para peixes de aquário de água doce, água salgada, com ou sem plantas, no entanto, cada um pode responder de uma maneira, de acordo com suas necessidades individuais. Os aquários de água doce (aquário tropical) por exemplo, tendem a responder mais rápido que os de água salgada no processo de ciclagem, como em relação ao nitrato que, em parâmetros abaixo de 50 ppm não é tão prejudicial para os tropicais, porém, extremamente perigoso para os marinhos.

Dica importante

Nunca se deixe conduzir pela ansiedade de ter um aquário povoado de peixes, pois a pressa é inimiga da perfeição e, sem dúvida, este ditado também pode ser aplicado ao aquarismo. Quanto mais paciente e cauteloso for o aquariofilista, mais lindo e estável será seu aquário.

Quer saber mais sobre o processo de ciclagem ou ficou com alguma dúvida? Compartilhe nos comentários. Será um prazer respondê-la para você!