O país homenageado hoje, em nossa seleção de raças de cães originários dos países participantes da Copa do Mundo 2018, é a Bélgica, por meio do belíssimo Pastor Belga.

 

Este grande cão de pastoreio possui quatro variedades e é descendente de cães de rebanho da Europa Central ou resultado de cruzamentos entre raças locais de Mastins e de Deerhound que vieram da Inglaterra  no século XIII.

 

Existia na Bélgica, no século XIX, uma grande variedade de cães parecidos com cães de pastoreio, com diversificadas cores e texturas de pelos.  As primeiras seleções ocorreram em 1885, e em 1891 o Clube do Pastor Belga foi criado por A. Reul, um professor de zootecnia, que estabeleceu fundamentos de identificação racial, com um primeiro padrão em 1984, após a distinção das quatro variedades.

 

Variedades distintas do Pastor Belga

Em 1898, o Pastor Belga de pelo longo e preto foi denominado “Groenandel” (na imagem em destaque), nome do castelo de N. Rose, seu principal criador.

 

Na mesma época, Pastores Belgas fulvos de pelo duro foram batizados, no castelo real de Laeken, de “Laekenois”, variedade que veio a se tornar rara.

 

Na aldeia de Tervueren, Corbeels, um cervejeiro, começou a criar Pastores Belgas de pelo longo e fulvo, conhecidos mais tarde como “Tervueren”.

 

Já a maioria dos Pastores Belgas de pelo curto da região de Malines foi denominada  “Malinois”.

 

Esta última variedade é, atualmente, a mais procurada, seguida de Tervueren e, por último, Groenandel. O Laekenois foi sempre confidencial.

 

Bélgica: Pastor Belga - Laekenois

Laekenois é uma variedade do Pastor Belga que veio a se tornar rara.

 

 

Belgische Herdershond, Groenendaler, Lakense, Mechelaar e Tervureren são os nomes de origem desta raça elegante e robusta, de porte grande, com tamanhos variando entre 56 e 66 cm e pesando de 28 a 35 kg.

 

Temperamento

Sempre muito vivaz em sua resposta aos diversos estímulos, é nervoso, sensível e impulsivo. Vigilante e atento, possui personalidade forte e dinâmica. Apesar de ser agressivo com estranhos, dedica-se totalmente ao seu dono. Por ser muito ativo, não suporta ficar preso e precisa de exercícios físicos.

 

Bélgica: Pastor Belga - Tervueren

O Pastor Belga Tervueren começou a ser criado por um cervejeiro, na aldeia de Tervueren, Corbeels.

 

 

Desde o fim do século XIX, o Malinois – que possui temperamento mais forte que as outras variedades, consideradas “obedientes atrevidas”-  é utilizado para guarda e esporte. Atualmente, são para pastoreio, policial, rastreador, de resgate, auxiliar em alfândegas e também de companhia, por ser extremamente  afeiçoado aos seu dono e seu habitat.

 

O Partor Belga é extremamente sensível e não suporta brutalidade. Sua educação deve ser conduzida com suavidade, firmeza e muita paciência. Para ser feliz, necessita de exercícios regulares e grande harmonia. As variedades de pelo longo requerem escovação semanal.

 

Bélgica: Pastor Belga - Malinois

Malinois é a variedade mais procurada atualmente.

 

 

Conheça algumas características do Pastor Belga:

 

Cabeça

Bem destacada, longa e seca. Seu focinho vai se afinando gradualmente. Possui chanfro nasal reto; stop moderado, mas marcado; lábios bem juntos e bochechas secas e achatadas.

 

Olhos

De tamanho médio, ligeiramente amendoados, castanhos, com pálpebras contornadas de preto.

 

Orelhas

De inserção alta, eretas, triangulares e rígidas.

 

Corpo

É poderoso sem ser pesado e seu pescoço é bem erguido. Tem o peito pouco largo, linha do dorso reta, larga e poderosamente musculosa. Sua garupa é ligeiramente inclinada.

 

Membros

Com musculatura seca e forte, os membros superiores são poderosos e, ao mesmo tempo, leves. As pata são redondas e os dígitos bem juntos.

 

Cauda

Forte na base, de comprimento médio e pendente em repouso. Não forma gancho, nem desvio.

 

Pelo

Sempre abundante e cerrado, com subpelo lanoso. Tem crina e culotes nas coxas. Pelo longo (curto na testa): Groenandel e Tervueren. Pelo curto (raso na testa): Malinois. Pelo duro (áspero, secura do pelo eriçado de 6 cm): Laekenois.

 

Pelagem

A máscara abrange os lábios superior e inferior, a comissura dos lábios e as pálpebras numa única área preta.

Tervueren: pelagem fulva carbonada (a preferida).

Malinois: unicamente fulva carbonada com máscara preta.

Groenandel:  unicamente preta opaca.

Laekenois: fulva com marcas cor de carvão, principalmente no focinho e na cauda.

Leia também sobre o Terrier Preto da Rússia, raça que representa o país anfitrião da Copa do Mundo 2018!