Ver seu peixe no fundo do aquário é algo preocupante para a maioria dos aquaristas, principalmente aos iniciantes. A primeira coisa que vem à mente é que ele só pode estar doente. Mas o que causa essa situação?

Com o objetivo  de auxiliar na busca de respostas, reunimos algumas informações importantes sobre o assunto.

 

Principais causas do peixe no fundo do aquário

O principal motivo que faz com que o peixe fique no fundo do aquário são:

doenças como íctio, problemas com a bexiga natatória, estresse, entre outros. Também pode se tratar de um comportamento normal da espécie. Por isso, para se chegar ao problema, é necessário estar atento aos detalhes e compreender tanto o histórico do peixe quanto do aquário. E manter a calma.

Caso seja realmente uma doença, o animal pode se recuperar, voltar a nadar e ainda viver por muito tempo.

 

Artigos Relacionados

 

Comportamento natural

Dependendo da espécie, pode ser um comportamento normal ficar durante tanto tempo no fundo do aquário. Conhecidos como peixes de fundo, esses animais costumam remexer o substrato buscando ração e restos, substâncias que fazem parte de sua dieta. Coridoras, labeos e bótias são exemplos de peixes que têm essa prática.

Geralmente, esses peixes transitam pelo fundo do aquário, subindo de vez em quando e logo voltando para o fundo novamente. Alguns podem, inclusive, se enterrar no substrato e ficar imóveis por longos períodos.

Peixe no fundo do aquário também pode significar que o animal está em repouso. Além de ficarem paradas, algumas espécies chegam até a apresentarem mudança de cor enquanto dormem. Um exemplo disso é o tetra neon, que perde sua tonalidade azul e vermelha e fica com uma aparência transparente. Uma dica é observar se o peixe apresenta essa característica apenas nas horas em que a luz está apagada, pois provavelmente ele está apenas dormindo e retornará ao normal assim que a iluminação voltar, seja ela a natural do ambiente ou a do aquário.

 

Características do aquário

A causa do peixe no fundo do aquário pode estar nas características do próprio ambiente, ou seja, ele pode estar causando cansaço e estresse ao peixe . Isso pode acontecer quando o fluxo de água está muito forte, fazendo com que o peixinho tenha que se manter nadando contra a corrente o tempo todo. Depois de algumas horas, ele pode não conseguir manter o esforço e acaba indo para o fundo, sem forças.

A temperatura também pode ser outra causa. Quando o aquário está muito quente, há a diminuição da oxigenação e o aumento da quantidade de bactérias que consomem oxigênio, além de aumentar o metabolismo do peixe que, por consequência, produz mais detritos, poluindo o ambiente e diminuindo ainda mais a disponibilidade de oxigênio.

Esses fatores fazem com que os peixes procurem o fundo do aquário, local onde a água está mais fria e com mais oxigênio. Para detectar e tratar problemas na temperatura do aquário, existem ferramentas como termômetros e termostatos.

comportamento normal - Peixe no fundo do aquário: o que pode ser?

Dependendo da espécie, pode ser um comportamento normal ficar durante tanto tempo no fundo do aquário.

 

 

Doenças

Peixe no fundo do aquário também pode ser devido a distúrbios da bexiga natatória ou íctio.

A bexiga natatória auxilia o peixe na capacidade de flutuar e quando ocorre o distúrbio, o animal perde o controle e pode nadar de maneira desgovernada, boiar na superfície ou ainda se deslocar, com movimentos caóticos, no fundo do aquário.

Já o íctio afeta o peixe com pontos brancos pelo corpo, e pode fazer com que ele fique tanto na superfície buscando ar, quanto parado no fundo do aquário. Trata-se de uma doença que tende a se desenvolver mais em ambientes frios, portanto, é mais comum no inverno.

Ambos os problemas podem ser tratados com facilidade, porém é preciso buscar ajuda especializada para que haja êxito nos resultados.

bexiga natatória - Peixe no fundo do aquário: o que pode ser?

A bexiga natatória auxilia o peixe na capacidade de flutuar.

 

 

A prevenção é cuidar das condições do aquário

A melhor maneira de evitar qualquer um desses problemas é sempre estar atento às condições do aquário.

Um ambiente sujo, com espuma, superlotado ou pequeno pode tornar seus habitantes estressados, cansados, mal nutridos e com muito mais chances de ficarem doentes e acabarem se depositando no fundo do aquário.

Cuidar do aquário diminui a incidência de males e facilita o tratamento, caso estes ocorram.

 

Ficou com alguma dúvida sobre peixe no fundo do aquário ou quer saber mais sobre o assunto? Deixe seu comentário. Será um prazer para nós poder ajudar!

Cadastre-se em nossa Newsletter