Como já mencionado em nosso artigo Coronavírus e pets: Cuidar-se também é proteger, este é um assunto que tem preocupado os apaixonados por animais, inclusive os que amam peixes.

Diante da mudança de rotina em todo o mundo devido à pandemia, os aquaristas podem estar se perguntando sobre a relação aquarismo e coronavírus.

Por isso, reunimos neste arquivo algumas informações que podem ajudar a entender melhor qual é o cenário real dessa situação.

Ainda não é possível saber exatamente qual será o tamanho do impacto, mas é prudente afirmar que sim, aquarismo e coronavírus têm relação entre si.

 

Artigos Relacionados

 

Aquarismo e coronavírus: qual a relação

Como alguns aquaristas já devem saber, a China – país considerado o centro precursor do Covid-19 – é o maior fornecedor de produtos para aquarismo. Segundo especialistas, cerca de 90% dos equipamentos no mercado são provenientes da China.

 

Os produtos são seguros?

As encomendas vindas da China estão sendo consideradas seguras, pois o vírus sobrevive apenas 24 horas fora de seu hospedeiro.

Entretanto, dados indicam que, durante o mês de março, as importações tiveram uma queda de 7% em relação ao ano anterior, gerando um déficit de aproximadamente 7 bilhões de dólares no primeiro bimestre de 2020, segundo dados divulgados pela Administração Geral das Alfândegas (AGA).

 

Cadastre-se em nossa Newsletter

O que vai interferir

Existem alguns fatores que, provavelmente, irão interferir no aquarismo. São eles:

1. Quarentena

A quarentena enfrentada pela população chinesa levou à suspensão temporária dos trabalhos nas fábricas, o que resultou na interrupção da produção de itens e suprimentos para aquarismo – assim como todos os outros segmentos do mercado.

2. Alta do dólar

A alta do dólar tem batido recorde atualmente, devido à própria situação. Como a grande maioria do que se consome no aquarismo é importado, esse é um fator que impacta diretamente no hobby, já que os importadores não conseguirão absorver esse aumento sem repassar ao consumidor. Resultado: os preços das mercadorias importadas vão subir.

3. Falta de alguns produtos

Nos últimos dois meses, por estar parada, a China não fabricou peças, equipamentos e outros insumos, por isso esses podem faltar. Provavelmente o mesmo vai acontecer também com as rações, mesmo com as nacionais, pois boa parte da matéria-prima delas são importadas. Para se ter uma ideia, a China é a maior fabricante de vitaminas para a produção de ração, por isso os produtos nacionais também poderão sofrer aumento de preço, além de. possivelmente, ficarem mais escassos no mercado.

 

Produtos para aquarismo vêm da China - Aquarismo e coronavírus: cuidados importantes

A China – país considerado o centro precursor do Covid-19 – é o maior fornecedor de produtos para aquarismo. Segundo especialistas, cerca de 90% dos equipamentos no mercado são provenientes desse país.

 

Suprimentos em casa

Desta forma, pode-se concluir que os aquaristas devem estar atentos e ter em casa o mínimo suficiente para a manutenção de seu aquário. É importante destacar também que não é necessário estocar suprimentos, até porque esta é uma situação temporária e que logo voltará ao normal.

Ter em casa o suficiente para a manutenção do aquário, além de ser uma decisão consciente, fará com que não falte produtos para ninguém.

A dica para os aquaristas, neste período de isolamento, é aproveitar o tempo para cuidar do aquário, seguindo as recomendações para conter a disseminação da doença. Logo, tudo ficará bem!

 

Agrosete

Na Agrosete você encontra produtos de cuidados e higiene, além de alimentação para peixes, das melhores marcas do aquarismo. Os pedidos podem ser feitos via WhatsApp ou telefone – pelo (19) 3873.3913 – para serem retirados no balcão ou delivery, com entrega grátis para a região de Sumaré em compras acima de R$100,00.

Se preferir, também pode fazer a compra online, no conforto e segurança de sua casa. Basta acessar nosso e-commerce patamania.com.br.

Você ficou com alguma dúvida sobre qual a relação aquarismo e coronavírus? Deixe seu comentário. Será um prazer ajudá-lo!