Você sabe como escolher um petisco para cachorro?

Todo bom tutor sabe da importância dos petiscos na educação de seu pet. Eles são úteis em diversos momentos, que vão desde a premiação por um bom comportamento, por atender a um comando, ou mesmo para o fortalecimento da saúde e boa forma dos animais, ajudando no controle da ansiedade, na redução do peso e na prevenção de doenças periodontais, por exemplo.

 

As necessidades determinam o melhor petisco para cachorro

A escolha da melhor opção de petisco depende de vários fatores que, via de regra, são bastante peculiares, pois estão mais ligados à personalidade e às necessidades específicas de cada animal.

Há vários tipos de petiscos, e cada um se aplica a uma situação específica. Os ossinhos, por exemplo, são feitos de modo a ocupar mais o tempo do “cãozinho roedor”, ou seja, são mais indicados para pets que possuem o hábito de morder objetos constantemente.

Para saber como escolher adequadamente o melhor petisco para seu cachorro, é preciso conhecer as diversas opções disponíveis, bem como a aplicação à correta fase ou necessidade dos pets.

Pata Mania - Acesse agora!

 

Manutenção da saúde bucal 

Além de servirem como recompensa e deixarem seu cãozinho mais tranquilo ao mordiscá-los, o que pouca gente sabe é que os petiscos auxiliam bastante na manutenção da saúde bucal de seu pet.

Existem no mercado alguns petiscos que contêm em sua composição metafosfato de sódio, que ajudam a prevenir a formação de tártaro, mau hálito e outras doenças bucais que poderiam acelerar o enfraquecimento ou a perda dos dentes.

Entretanto, é importante salientar que nenhum petisco consegue remover o tártaro. Uma vez formado, este só é retirado pelo veterinário por meio de tartarectomia.

 

Ossinhos para ansiedade 

Se o seu pet parece um bocado inquieto e vive buscando morder o que vê pela frente, pode ser que ele esteja apresentando sinais de ansiedade.

Essas condições de angústia animal são mais comuns do que se pensa, mas a boa notícia é que elas são facilmente detectáveis – até porque é praticamente impossível não perceber quando um chinelo aparece todo mordido, um rodapé ou móvel é roído ou um rolo de papel higiênico é estraçalhado no quintal.

A melhor estratégia nesses casos é fazer com que o pet se distraia, ocupando seu tempo e fazendo com que extravase essa ansiedade. Uma boa ideia é dispor alguns petiscos espalhados estrategicamente, de modo a fazer com que o animal gaste seu tempo procurando-os.

Daí a ideia de preferir oferecer os ossinhos, pois, por serem mais duros, esse tipo de petisco mantém seu pet ocupado por um tempo maior, ao permitir que o cão permaneça por várias horas mordiscando, o que o acalmará e reduzirá a necessidade de morder ou roer outros objetos.

Porém, evite servir os ossinhos que possuem uma espécie de nó, pois além da grande maioria utilizar em sua composição produtos químicos e amido de mandioca para deixá-los brancos, acabam sendo prejudiciais à saúde do cachorro, e o nó, quando se desmancha, pode enroscar na garganta do pet e causar sufocamento.

Ossinhos para ansiedade - Petisco para cachorro: como escolher

Os ossinhos mantêm o pet mordiscando, o que o acalmará e reduzirá a necessidade de morder ou roer outros objetos.

 

Bifinhos para idade avançada 

Já quando o pet alcança certa idade, os cuidados precisam ser um pouco maiores. Com a redução natural e gradativa do vigor físico, surgem outros problemas como a necessidade de reposição de vitaminas e minerais, obesidade e fragilidade (ou mesmo perda total) da dentição.

Para esses casos, os petiscos mais indicados são os bifinhos, pois são menos duros que os ossinhos, e inclusive ajudam na reposição das vitaminas e minerais necessários sem a necessidade de forçar a mastigação.

Além deles, podem ser ofertados outros petiscos de baixa caloria, levando em consideração que cães idosos já não possuem mais a mesma disposição de antes para atividades físicas.

 

Artigos Relacionados

 

Petiscos não substituem refeições

No entanto, é necessário lembrar que petiscos não podem substituir a alimentação. 

Na realidade, sua principal função é complementar e educativa, isto é, funcionam como reforço positivo aos bons comportamentos, ao mesmo tempo em que ajudam a controlar a ansiedade e prevenir doenças. Leia também o artigo Adestramento positivo: dicas para educar seu cachorro, independentemente da idade.

Na dúvida, consulte um profissional veterinário de sua confiança, a fim de buscar as orientações mais adequadas e escolher o melhor petisco para o seu animal, levando em conta as particularidades de idade, bem como as condições de vida e de saúde.

 

Petisco para cachorro na Agrosete – Pata Mania

Nós temos uma grande variedade de petiscos e biscoitos para cães, seja para pets idosos, ansiosos ou mesmo para a manutenção da saúde bucal. Acesse o site da Pata Mania e confira todas as opções disponíveis.

Quer saber mais ou ficou com alguma dúvida sobre como escolher petisco para cachorro? Deixe seu comentário. Será um prazer poder ajudar!

Cadastre-se em nossa newsletter