Um dos problemas mais comuns de acontecerem é o peixe betta perdendo a cor. Mas antes de se desesperar, é sempre melhor tentar compreender as razões pelas quais as cores do seu peixinho – costumeiramente exuberantes – podem se transformar em tons mais esbranquiçados ou escuros.

As principais razões de perda de intensidade da cor do betta são: idade, estresse, machucados ou doenças. No entanto, é preciso observar o peixe, a fim de notar possíveis mudanças na coloração.

Essas mudanças podem ser algo facilmente tratável ou mesmo completamente normal e inerente à espécie. O estresse é o campeão dentre as causas, e o primeiro fator a ser considerado, caso não se observe nada de mais grave. Eliminar possíveis fatores estressantes pode ser a melhor atitude, inclusive ajuda bastante, mesmo nos casos em que não seja o problema principal da perda de cor.

 

Peixe betta perdendo a cor: como essas mudanças ocorrem?

As cores do betta são definidas geneticamente. Criadores manipulam a genética da espécie há cerca de um século, resultando na existência de uma variedade cada vez maior de cores e formatos.

Os peixes betta possuem quatro camadas de coloração na pele: iridescente, preta, vermelha e amarela, respectivamente. Os padrões de cores, em circunstâncias normais, são formados conforme os genes, que definem a quantidade de visibilidade de cada uma dessas camadas de cor, sobressaindo umas e ocultando mais a outras, resultando na cor que enxergamos no peixe.

Outros fatores, no entanto, podem alterar a coloração natural, geralmente relacionados ao ambiente em que vivem. Essas alterações podem torná-los mais esbranquiçados ou escuros, embora as razões para o clareamento ou escurecimento sejam diferentes.

 

E quais as possíveis causas?

As maiores causas de alterações ou anomalias na cor ainda são o estresse e as doenças, mas é preferível analisar caso a caso e aprofundar a compreensão a respeito das verdadeiras causas, podendo inclusive não haver nada de errado.

Geralmente as mudanças que fazem com que o betta escureça tendem a se relacionar a problemas menos graves, enquanto as que o deixam mais claro podem demandar maior atenção. Contudo, especialmente se a alteração de cor for localizada, pode ser resultado da recuperação de uma lesão anterior, como desfiamento da cauda, por exemplo, que poderia tanto deixar a cauda mais clara quanto escura.

Maiores causas na alteração na cor - Peixe betta perdendo a cor: o que fazer?

As maiores causas de alterações na cor ainda são estresse e doenças, mas é preciso analisar caso a caso, podendo inclusive não haver nada de errado.

Peixe betta com manchas brancas ou ficando esbranquiçado 

Este é um ponto que demanda maior cuidado e uma checagem mais atenta. Ao perceber um peixe betta perdendo a cor para tons mais esbranquiçados, pode ser sinal de presença de doenças (ainda que nem sempre seja o caso). Apesar de o próprio estresse ser uma das causas de clareamento do betta, recomenda-se uma inspeção total, com o intuito de verificar se, porventura, não se encontram outros fatores ou causas mais graves, como:

 

Ictio

Doença bastante comum que ocasiona uma irritação/coceira no peixe. É causada por Ichthyophthirius multifiliis, protozoários que fazem com que o peixe doente apresente pontos brancos no corpo todo, especialmente nas nadadeiras. Devido à irritação gerada pela doença, os peixes podem se esfregar em pedras ou demais itens do aquário, a fim de aliviar esse desconforto, o que, possivelmente, lhes cause machucados. 

Doença do algodão

Causada pelo fungo Saprolegnia, essa doença causa manchas (ou tufos) brancos no peixe. É uma infecção cujo tratamento deve ser iniciado o quanto antes, pois sendo assim, maiores serão as chances de cura do peixinho.

Apodrecimento da cauda/corpo

Traumas físicos, estresse ou mesmo infecções bacterianas ou fúngicas podem ser a causa de outro problema muito comum nos bettas: o desfiamento da cauda. Embora comum, esse é um dos problemas que demandam atenção, pois a infecção pode se espalhar, tornando-se fatal para o peixe. Para minimizar os impactos da doença, ao notar danos na cauda ou nas barbatanas do seu betta, inicie o tratamento imediatamente e siga-o à risca.

Cadastre-se em nossa Newsletter

Artigos Relacionados

Peixe betta escurecendo

Se a cor do peixe betta estiver escurecendo e ele não apresentar nenhum outro sintoma como falta de apetite, comportamento excessivamente tímido, letargia ou outros problemas, não há muitos motivos para preocupação. Pode ser um processo de envelhecimento natural da espécie, no qual os betta ficam mais escuros com o passar do tempo, em relação às cores que apresentavam quando jovens.

Porém, caso note algum comportamento realmente estranho, seu peixinho pode estar sinalizando problemas reais. Alguns dos principais fatores de estresse dessa espécie são:

Companheiros de aquário não apropriados

Caso queira algum outro peixe similar para companheiro do seu betta, é importante escolher adequadamente, pois alguns peixes podem ser vistos como adversários pela espécie, o que aumenta os níveis de estresse consideravelmente.

TPAs grandes demais

As trocas parciais de água (TPAs) são necessárias, mas se forem muito volumosas, podem modificar demais os parâmetros da água e estressar seu peixe.

Poluição

É sempre interessante fazer a verificação dos níveis de nitrito e amônia, a fim de garantir que a poluição não seja a causa da perda de cor, pois este também é um fator bastante comum de estresse.

É importante ressaltar que há outros incontáveis fatores estressantes para o betta, e que demandam uma análise mais criteriosa, caso a caso. Porém, se a razão do peixe betta perdendo a cor for simples ou perceptível, bastará eliminar o fator de estresse e a cor original tenderá a voltar ao normal.

Como destacar a cor do seu peixe betta através da alimentação

Quem quer manter vivas as cores do betta sabe quão imprescindível é escolher adequadamente as rações para alimentar seu peixinho. Há vários tipos de rações específicas para a espécie, mas é sempre mais recomendado verificar a procedência e até mesmo optar por marcas mais consagradas  no mercado.

Confira também o nosso artigo Qual a quantidade de ração para um peixe betta?

Uma alternativa que também acentua  a cor do betta, além de deixá-lo mais saudável e feliz, são as artêmias ou outros alimentos vivos para peixes de aquário, como bloodworm ou larvas de besouro de amendoim. Lembre-se: uma alimentação equilibrada pode manter seu betta saudável e, consequentemente, até melhorar sua coloração, intensificando consideravelmente seus tons originais.

 

Para manter vivas as cores - Peixe betta perdendo a cor: o que fazer?

Para manter vivas as cores do betta é imprescindível escolher adequadamente as rações para alimentar seu peixinho.

 

 

Cuidados com o aquário para betta saudável e com cores intensas

Um aquário bem cuidado é item indispensável para quem deseja manter um peixe betta em perfeitas condições. Os cuidados vão desde as TPAs periódicas, verificar se há espuma na água ou excesso de algas, bem como escolher adequadamente o tamanho e a filtragem do aquário, até a qualidade da ração e os alimentos vivos a ele ministrados.

Além disso, há que se lembrar da necessidade de observar constante e criteriosamente se seu peixe apresenta alguma alteração importante ou que possa ser indício de alguma doença, a fim de mantê-lo sempre saudável e feliz, condições que impactam diretamente em sua coloração. E óbvio, o item mais importante: o carinho, que fará com que você e seu peixinho desenvolvam uma ligação que se mostrará igualmente benéfica para ambos.

Quer saber mais ou ficou com alguma dúvida sobre peixe betta perdendo a cor? Compartilhe com a gente deixando seu comentário. Ficaremos muito felizes em poder ajudar!

E-book Guia Sobre o Peixe Betta - Baixe agora!